Notícias sobre Indaiatuba e Região com Kleber Patricio

Inscreva seu e-mail e participe de nossa Newsletter para receber todas as novidades

Indaiatuba inicia campanha de multivacinação dia 19

Indaiatuba, por Kleber Patricio

Foto: Arquivo – SCS|PMI.

Foto: Arquivo – SCS|PMI.

A Secretaria de Saúde de Indaiatuba iniciou segunda-feira, dia 19, a campanha nacional de multivacinação, que incluirá as vacinas disponíveis pelo calendário nacional de vacinação para crianças menores de 5 anos (4 ano, 11 meses e 29 dias) e para crianças e adolescentes entre 9 e 15 anos incompletos, incluindo a imunização contra HPV para meninas. O esforço é para imunizar e acertar as carteiras de vacinação vai até o dia 30 de setembro, sendo que no sábado, dia 24, todas as Unidades de Saúde estarão abertas das 8h às 17h.

Segundo a diretora da Vigilância e m Saúde, Rita de Cassia Ferraz Vaz, a campanha nacional de multivacinação ocorre normalmente no mês de agosto, mas devido aos eventos esportivos foi adiada para setembro. “O objetivo principal da campanha é estimular que os pais e responsáveis levem os filhos para fazer o acerto da carteira de vacinação”.

Rita destaca que é necessário que os pais procurem a sua Unidade de Saúde de referência para que os profissionais das salas de vacinas tenham acesso ao cadastro (espelho de vacinas) da criança e do adolescente. “Os dados devem constar corretamente nos espelhos e, com a carteira em mão, será mais fácil verificar se todas as vacinas estão corretas e se a criança está imunizada. Todas estas informações serão repassadas para o Sistema Nacional de Imunização do Ministério da Saúde.”

Em 2016, o calendário de vacinações conta com 14 vacinas: Hepatite A, VIP, Meningocócica C, Rotavírus, HPV, Pneumo10, Varicela, Pentavalente, Tetraviral, Dupla adulto, DTP, Tríplice viral, VOP (poliomielite) e a Febre Amarela somente para áreas de risco.

A diretora explicou que é preciso vacinar as meninas e os demais adolescentes que talvez estejam com alguma dose em atraso. “Segundo dados do Ministério da Saúde, a cobertura vacinal dos adolescentes no Brasil ainda não é adequada; por isso, a campanha incluiu essa faixa. Um dos casos de baixa adesão é a vacina contra HPV para meninas, que tem o objetivo de prevenir câncer de colo de útero. A vacinação contra HPV teve sucesso na aplicação da primeira dose, mas algumas pessoas esqueceram de procurar as Unidades de Saúde e fazer as demais doses”. Atualmente vacina contra o HPV passou de três para duas doses, com intervalo de seis meses entre elas para meninas de 9 a 14 anos.

Unidades de Saúde que realizarão a Campanha de Multivacinação de 19/09 até dia 30/09 e também no sábado, dia 24/09

1 – Hospital Dia – Avenida Visconde de Indaiatuba, 199, Parque Boa Esperança;

2 – UBS II – Cecap – Praça Vital barnabé, s/nº;

3 – UBS IV – (Morada do Sol) Rua Hélio Pistoni, s/nº, Jardim Morada do Sol;

4 – UBS V (Itaici) – à Rua Joaquim Pedroso Alvarenga, 5, ao lado do pátio da antiga Estação de Trem de Itaici;

5 – UBS VII – (Antigo Ambulatório da Mulher) – Rua José de Campos, 709, Jardim Morada do Sol

6 – UBS IX (Central) – Praça Scyllas Leite Sampaio (Rua São Carlos, 585), Vila Teler;

7 – UBS X (Jardim Califórnia) – Rua Basílio Martins, s/nº, Jardim Califórnia;

8 – UBS XI (João Pioli) – Avenida Manoel Ruz Peres, s/nº, Jardim João Pioli;

9 – PSF Parque Indaiá – Rua Cristiano Selleguin, 33, Parque Residencial Indaiá;

10 – PSF Jardim Oliveira Camargo, Rua Yorico Gonçalves, s/nº, Jardim Oliveira Camargo;

11 – PSF Carlos Aldrovandi, Rua Ângelo Berteli Neto, 1000, Jardim Aldrovandi;

12 – PSF Parque Corolla, Rua Nelson Nazário, 80, Jardim Morada do Sol;

13 – PSF Jardim Brasil, Rua Lourenço Martins do Amaral, 241, Jardim Brasil;

14 – PSF Jardim do Sol, Rua Domingos Casagrande, 107, Jardim Mercedes;

15 – PSF Itamaracá, Rua Romário Capossoli, 86, Jardim Itamaracá.

Nutricionista ministra curso de otimização de alimentos na cozinha

Campinas, por Kleber Patricio

A nutricionista Ana Ceregatti. Foto: divulgação.

A nutricionista Ana Ceregatti. Foto: divulgação.

A nutricionista Ana Ceregatti ministra no Instituto Ísvara, em Campinas, o curso Cozinha Inteligente, voltado à otimização dos alimentos na cozinha. “Geralmente falta às pessoas uma metodologia para armazenar os alimentos corretamente, tanto na geladeira e no freezer, como no armário. Quando se adquire o hábito, você acaba ganhando tempo e desperdiçando menos; ou seja, tudo que o mundo e os dias atuais exigem”, explica a profissional. O curso tem início no dia 29 de setembro, com quatro encontros, sempre às quintas, das 20h às 21h45.

Com a conclusão do curso, os alunos saberão fazer compras com mais eficiência e estocar alimentos antes e depois do preparo, além de ideias sobre o que fazer com as sobras, como higienizar hortifrúti após a chegada da feira e como congelar alimentos da forma correta para evitar a perda dos nutrientes e da consistência. O aluno saberá ainda como organizar a geladeira e a despensa para não perder o prazo de validade dos alimentos e quais os eletrodomésticos e equipamentos são realmente essenciais em uma cozinha. “A economia de dinheiro também é uma consequência, já que a pessoa não precisará mais comer fora e aprenderá a se organizar melhor”, garante a nutricionista, que desenvolveu sua própria metodologia após anos trabalhando em grandes corporações e tentando manter uma alimentação saudável para seu filho. “Deu tão certo que ele funciona até hoje, garantindo que, mesmo trabalhando fora e tendo uma vida agitada, eu possa comer todo santo dia algo que eu mesma preparei”.

No “currículo”, além de praticidade e menos desperdício, o participante irá aprender a identificar rótulos na hora da compra, um cardápio básico, receitinhas fáceis e rápidas, listas de alimentos que fazem bem e mal à saúde e escolha de condimentos.

Ana Ceregatti

Ana Ceregatti é nutricionista clínica e se especializou no atendimento de vegetarianos, veganos e pessoas em transição para esse tipo de alimentação. É docente do curso de pós-graduação em Nutrição Vegetariana na Faculdade Santa Helena, em Recife, e colunista da Revista dos Vegetarianos. Atualmente, atende nos consultórios de Campinas e de São Paulo. Também tem formação em yoga, pelo Instituto Ísvara, onde ministra aulas no Curso de Formação de Professores de Yoga, e em ayurveda, pela Clinica Dhanvantari, em São Paulo.

Serviço:

Curso Cozinha inteligente

Início: 29 de setembro

Aulas às quintas-feiras, das 20h às 21h45

Local: Instituto Ísvara (Rua Sampaio Peixoto, 29, Cambuí – Campinas)

Informações sobre matrículas e investimento pelo site http://www.isvara.com.br ou pelo telefone: (19) 3203-1918.

Academia de Indaiatuba sedia exames da Royal Academy of Dance

Indaiatuba, por Kleber Patricio

Galpão 1 também sediou o exame internacional no ano passado. Foto: Jeferson Foto Club.

Galpão 1 também sediou o exame internacional no ano passado. Foto: Jeferson Foto Club.

A Galpão 1 Academia de Dança, em Indaiatuba, sedia nos dias 24 e 25 de setembro o exame internacional da Royal Academy of Dance, instituição especializada em exames e treinamento de alunos e professores da modalidade que tem sua sede em Londres, na Inglaterra.

Bailarinos da Galpão 1 e de academias de Itu serão avaliados por um examinador internacional a partir de critérios de técnica e performance. Após a avaliação, será apresentado um relatório pela organizadora do exame para o bailarino, professores e pais, indicando os aspectos positivos e os pontos fracos. Os candidatos aprovados receberão um certificado da RAD.

Os alunos da Galpão inscritos no exame têm recebido aulas focadas no teste, ministradas pela professora Erika Pena, formada pela RAD, que explica que as aulas de ballet já são treinos contínuos. “Começamos o trabalho com exercícios preparatórios livres, de fortalecimento e coordenação dos movimentos e, conforme os passos são dominados, fazemos a ligação entre eles até que os bailarinos dominem toda sequência. Normalmente trabalhamos o primeiro semestre entre aulas e ensaios, intensificando o estudo no mês de agosto e setembro, período em que os alunos se dedicam com muito amor e empenho”, conta a professora. Além dos treinamentos, os participantes receberão uma aula preparatória na sexta-feira, 23, com a pianista Eliana Furno.

Este tour de exames da RAD pelo Brasil conta com a participação de oito examinadores e 3,8 mil bailarinos de 155 escolas inscritas. A Royal Academy of Dance é uma das maiores instituições de exames e treinamento de professores de ballet clássico do mundo. Com mais de 17 mil membros, sua influência se espalha por mais de 84 países. A instituição oferece exames e cursos para bailarinos que querem estudar e ter uma carreira na modalidade; além disso, promove treinamentos para professores, com avaliações preparadas meticulosamente para garantir um alto nível de desempenho. Mais informações pelo site www.royalacademyofdance.com.br.

A Galpão 1 Academia de Dança

Com 25 anos de história, a Academia de Dança Galpão 1 conta atualmente com mais de 300 alunos e oferece aulas nas modalidades ballet, jazz, hip-hop e personal dance. Entre várias premiações, a Academia se destaca por ter conquistado, na categoria Jazz, a primeira colocação no Festival de Dança de Joinville por oito vezes, além de ocupar o pódio como segundo lugar em cinco premiações, sendo que três delas não tiveram primeiro lugar e ainda outros três anos em terceiro.

Receitas práticas com alimentos típicos da primavera

Nutrição, por Kleber Patricio

Clima mais ameno, dias com céu azul e árvores floridas: esse é o sinal da chegada da primavera. Pra quem acha que essa é somente a estação das flores se engana, pois é possível saborear uma grande variedade de frutas, legumes e verduras típicos dessa época.

“Frutas da estação são mais econômicas, nutritivas e saborosas. Nessa época do ano as frutas típicas são, por exemplo, abacaxi, mamão e morango. Já entre os vegetais e legumes temos espinafre, abóbora, brócolis e rabanete”, informa a nutricionista Letícia Amaral, do Oba Hortifruti. Como os dias começam a ficar mais quentes, é preciso caprichar na hidratação e consumir alimentos mais leves e de fácil digestão, como frutas, legumes e verduras. “Monte sempre um prato bem colorido. A variedade de cores indica a presença de nutrientes diferentes, que auxiliam no funcionamento do organismo”, sugere a profissional. A especialista elaborou algumas receitas coloridas e gostosas com os alimentos típicos dessa estação:

suco-primavera-assSuco primavera

Ingredientes:

500 ml de suco de laranja

¼ de maçã

1 rodela média de abacaxi sem o miolo

3 morangos

Modo de preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador e beba em seguida.

salada-de-espinafre-com-abacate-ass Salada de espinafre com abacate

Ingredientes:

1 abacate descascado e fatiado

1 laranja descascada, separada em gomos e cortada em pedaços médios

150 gramas de espinafre grosseiramente picado

½ cebola roxa fatiada

5 colheres (sopa) de suco de grapefruit

2 e ½ colheres (sopa) de azeite

½ colher (sopa) de orégano

½ colher (chá) de sal

Pimenta do reino moída a gosto

Modo de preparo:

Misture o abacate, a laranja, o espinafre e a cebola numa tigela. Em uma vasilha separada, misture o suco de grapefruit, o azeite, o orégano, o sal e a pimenta. Coloque esse molho por cima da salada e misture delicadamente. Sirva em seguida.

mamao-com-chia-castanha-de-caju-e-melado-assMamão com chia, castanha de caju e melado

Ingredientes:

½ mamão papaia

1 pote de iogurte grego light

1 colher (chá) de chia em grãos

1 colher (chá) de castanha de caju triturada

Melado de cana a gosto

Modo de preparo:

Retire as sementes do mamão e coloque o iogurte no lugar. Acrescente por cima a chia, a castanha de caju e por fim o melado de cana. Saboreie em seguida.

Para outras receitas, acesse www.redeoba.com.br.

Atletas da APC conquistam quatro medalhas nas Paralimpíadas

Campinas, por Kleber Patricio

Na foto o atleta Odair Santos com o guia Erixon Nascimento. ©Alaor Filho/MPIX/CPB.

Na foto, o atleta Odair Santos com o guia Erixon Nascimento. ©Alaor Filho/MPIX/CPB.

Ao longo de onze dias de competição, cerca de 4300 atletas, de 159 países, apresentaram ao mundo histórias de vida e de superação. O Brasil competiu com a maior delegação da história e o fato de ter encerrado os Jogos na oitava posição – três abaixo da expectativa – torna-se quase irrelevante diante das marcas ultrapassadas, quebra de recordes e feitos históricos em modalidades como a bocha, tênis de mesa e levantamento de peso, que ajudaram o país à conquista de 72 condecorações: 14 de ouro, 29 de prata e 29 de bronze.

Ítalo Gomes em foto de Alaor Filho (MPIX/CPB).

Ítalo Gomes em foto de Alaor Filho (MPIX/CPB).

Dessas medalhas, quatro têm valor especial para a Associação Paraolímpica de Campinas (APC). A entidade esteve representada na capital carioca por quatro atletas, dois guias e o técnico Fábio Breda. Embora não tenha conquistado medalhas, Vanilton participou da primeira Paralimpíada de sua carreira e encerrou as três provas que disputou entre os dez melhores atletas do mundo.

Primeiro brasileiro a subir no pódio na Rio 2016, Odair dos Santos contou com o apoio dos atletas-guia Carlos dos Santos e Eriton de Aquino na conquista das duas medalhas de prata – primeiro nos 5000 metros e depois nos 1500. Com as duas condecorações, o vitorioso currículo do atleta agora soma nove medalhas em Paralimpíadas.

Se em Londres, quando estreou em Paralimpíadas, Ítalo Gomes não chegou ao pódio, no Rio de Janeiro a conquista da tão sonhada medalha paralímpica se realizou: um bronze nos 100 metros costas com tempo de 01:12:48, oito segundos abaixo do tempo que o qualificou para a disputa final.

Clodoaldo Silva. Foto: Washington Alves|MPIX CPB.

Clodoaldo Silva. Foto: Washington Alves|MPIX CPB.

Clodoaldo Silva, que anunciou a aposentadoria da Seleção Brasileira, participou de quatro provas e faturou uma prata no revezamento 4 x 50 metros misto, ao lado de Daniel Dias, Suzana Schnarndorf e Joana Silva. Ao longo da carreira, iniciada em 1996, o tubarão das piscinas, escolhido para ascender a pira paralímpica na cerimônia de abertura dos Jogos no Maracanã, disputou cinco edições do evento e alcançou a marca de 14 medalhas.

A campanha da natação neste ano superou em cinco pódios a exibição de 2012. Em casa, a modalidade alcançou 19 medalhas, sendo quatro ouros, sete pratas e oito bronzes e Daniel Dias tornou-se o maior medalhista masculino paralímpico da história dos Jogos, ultrapassando o australiano Matthew Cowdrey. Com maior número de atletas, o atletismo alcançou também o maior número de medalhas. A evolução da modalidade desde Sydney, em 2000, quadruplicaram as medalhas: este ano foram 33, oito ouros, 14 pratas e 11 bronzes.

Página 412 de 658« Primeira...102030...410411412413414...420430440...Última »