Notícias sobre Indaiatuba e Região com Kleber Patricio

Inscreva seu e-mail e participe de nossa Newsletter para receber todas as novidades

Ex-conselheira do Louvre ministra palestra sobre gastronomia na Casa-Museu Ema Klabin

São Paulo, por Kleber Patricio

‘The Morning Chocolate’. Imagem: Pietro Longhi.

A Casa-Museu Ema Klabin, em São Paulo, promove no próximo dia 7 de outubro, sábado, das 11h às 13h, a palestra A gastronomia e o encontro da Europa com a América, com a ex- conselheira científica do Museu do Louvre Cintia Gama. As vagas são limitadas e a inscrição pode ser feita no site http://emaklabin.org.br/.

A palestra abordará como a descoberta da América pelos europeus resultou em uma rica miscigenação gastronômica na virada do século XV para o XVI, partindo do contato alimentar, da descoberta de novos produtos e também como este contato direto alterou a relação dos europeus com seus alimentos básicos, resultando na modificação da estrutura alimentar mundial.

Sobre a palestrante

Cintia Alfieri Gama Rolland é professora de História da Gastronomia e coordenadora do curso de gastronomia da FMU; Doutora em religião egípcia antiga pela École Pratique des Hautes Études – Sorbonne, Paris; antiga conselheira científica no Departamento de Antiguidades Egípcias do Museu do Louvre; integrante de duas missões arqueológicas no Egito: missão francesa de escavação de Tanis e missão italiana de escavação da Tumba de Harwa, em Luxor. Mestre em arqueologia pela UFRJ, graduada em História pela USP.

Serviço:

Palestra: A gastronomia e o encontro da Europa com a América, com Cintia Gama

Data: 7 de outubro (sábado)

Horário: 11h às 13h

Vagas: 30

Investimento: R$35,00

Inscrição: http://emaklabin.org.br/

Fundação Ema Klabin: Rua Portugal, 43, Jardim Europa – São Paulo/SP – Telefone (11) 3897-3232.

Mostra+Sustentável recebe show em homenagem a Chiquinha Gonzaga

Campinas, por Kleber Patricio

Foto: divulgação.

Nesta quinta-feira (5), Campinas recebe uma homenagem especial à compositora Chiquinha Gonzaga, em uma apresentação da percussionista Adriana Laranjeira e grupo musical. O espetáculo integra a programação artística da Mostra+Sustentável 2017, no Lar dos Velhinhos de Campinas e faz parte do projeto Chiquinha Gonzaga. O show tem início às 19h, com entrada gratuita e livre para todos os públicos.

Francisca Edwiges Neves Gonzaga, mais conhecida como Chiquinha Gonzaga, foi a maior personalidade feminina da história da Música Popular Brasileira. Compositora, instrumentista e regente, Chiquinha promoveu a nacionalização musical, ajudou a introduzir a MPB nos grandes salões do século 19 e fundou a primeira sociedade protetora dos direitos autorais, além de ser a primeira pianista de choro e autora da primeira marcha carnavalesca brasileira, a canção Ó Abre Alas. Através de sua trajetória de vida, lutas e superações, a musicista teve um papel importantíssimo na luta pela igualdade de direitos no Brasil, mostrando que devemos sempre reconhecer o talento e valorizar o papel da mulher. Dessa maneira, o projeto Chiquinha Gonzaga busca apresentar a obra desta grande personalidade de maneira diferente da convencional, resgatando as melodias dessa época em que houve grande ascensão da mulher na sociedade e no âmbito musical nacional.

O show será apresentado por Adriana Laranjeira e um grupo musical constituído predominantemente por mulheres, que levarão o público em uma viagem interessante e inusitada pelo universo sonoro da musicista, que vai de 1877 a meados de 1930. O grupo é composto pelos instrumentos oboé, clarinete, fagote, violão e percussão, tocados com destreza e sofisticação pelas instrumentistas.

O intuito do projeto Chiquinha Gonzaga é possibilitar aos públicos das cidades do interior de São Paulo o acesso gratuito aos bens culturais, valorizando sua produção e o entendimento de sua significância para as produções contemporâneas. O projeto é destinado ao público sem restrições, uma vez que os ritmos apresentados – do tango brasileiro, polca, modinha valsa, mazurca e schottisch – proporcionam momentos agradáveis de encontro do homem e da arte.

A apresentação é realizada pelo Governo do Estado de São Paulo a partir de recursos do Programa de Ação Cultural (ProAC), com apoio da Mostra+Sustentável e produção da 3S Projetos. O patrocínio é da Grace Brasil.

Serviço – O show em homenagem a Chiquinha Gonzaga acontece na quinta-feira (5), às 19h, na Mostra+Sustentável 2017: Lar dos Velhinhos de Campinas (Rua Irmã Maria de Santa Paula Terrier, 300, Vila Proost de Souza). A entrada é gratuita.

Central de Ambulâncias de Indaiatuba participa de simulado de emergência em Viracopos

Indaiatuba, por Kleber Patricio

Crédito das fotos: Giuliano Miranda.

A Central de Ambulâncias de Indaiatuba participou na quinta-feira (28) do Exercício Simulado de Emergência Aeronáutica – ESEA 2017, promovido pelo Aeroporto Internacional de Viracopos. A ação contou com a participação de aproximadamente 300 pessoas, 30 veículos, entre resgate e apoio, cinco caminhões de bombeiro e do helicóptero Águia, da Polícia Militar. A atividade aconteceu em um dos pátios de aeronaves do aeroporto e simulou um acidente com um avião, envolvendo 45 vítimas, sendo que oito delas precisaram ser removidas com emergência em ambulâncias para quatro hospitais da região, entre eles o HAOC (Hospital Augusto de Oliveira Camargo).

O objetivo do ESEA é simular a resposta a uma emergência aeronáutica completa, ocorrida no aeródromo ou em seu entorno, sendo avaliadas simultaneamente as ações integradas necessárias para minimizar os impactos de um acidente desta natureza.

O Exercício Simulado mobilizou todas as áreas do aeroporto. Um anúncio sonoro foi feito no sistema de som do saguão para alertar passageiros e tripulantes sobre a realização do simulado. O ESEA começou a ser planejado há seis meses e precisa ser realizado a cada três anos para testar o Sistema de Resposta à Emergência Aeroportuária (SREA), conforme está previsto no Regulamento Brasileiro da Aviação Civil (RBAC) 153.

No treinamento, foi simulado que uma aeronave sofreu um incêndio após o pouso e precisou ser evacuada com 67 pessoas a bordo, sendo 5 tripulantes e 62 passageiros. Em seguida, a Torre de Controle acionou o COE (Centro de Operações de Emergência) de Viracopos às 11h17. Os hospitais que receberam as vítimas do simulado foram Hospital Maternidade Celso Pierro (PUCC); HC Unicamp; Hospital Municipal Dr. Mario Gatti e Hospital Augusto de Oliveira Camargo. Outras vítimas foram encaminhadas para as UPAs (unidades de Pronto Atendimento).

O COE imediatamente acionou os Bombeiros de Viracopos, que chegaram ao local do acidente às 11h19. Já o Posto Médico de Viracopos foi acionado às 11h19 e chegou ao local do acidente às 11h25 com a ambulância e os médicos do aeroporto. O Simulado foi encerrado às 12h54.

“O tempo de resposta das equipes de emergência de Viracopos e de outros órgãos foi eficaz. A ideia do simulado é testar o grau de preparação de todos os órgãos de resgate e defesa civil, além de identificar o que pode ser melhorado”, disse o diretor de Operações de Viracopos, Marcelo Mota.

A atividade aconteceu no pátio 2. Participaram do simulado colaboradores do aeroporto, entre COE (Centro de Operações de Emergência), CGC (Centro de Gerenciamento de Crise), bombeiros do terminal, equipe médica, CVE (Corpo de Voluntários de Emergência) e gerências de Operações, de Segurança e de SGSO (Sistema de Gerenciamento de Segurança Operacional).

O ESEA, que durou cerca de 3 horas, é um dos treinamentos de emergência mais importantes do aeroporto, devido à sua grandeza e número de participantes. “Precisamos manter todas as nossas equipes de emergência bem treinadas, assim como estar bem alinhados com os demais envolvidos. Só assim conseguiremos ter êxito em caso de uma emergência aeronáutica em Viracopos”, ressaltou o gerente de Segurança do aeroporto, Sérgio Joau.

Também participaram representantes das polícias Federal, Civil, Militar e Rodoviária Estadual, SAMU, Grupo GRAU (Grupo de Resgate e Atendimento a Urgências Paulista), bombeiros militares, equipes de emergência da Concessionária AB Colinas, da CCR Autoban, Emdec, Setec, Defesa Civil e ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), além de integrantes da Aeronáutica e do Exército. “Tudo foi realizado como se fosse um caso de uma situação real”, explicou o coordenador de Planejamento e Resposta à Emergência de Viracopos, Wesley Ramos Correa.

Familiares

O simulado também testou o atendimento aos familiares das vítimas no acidente dentro do plano chamado Pafavida (Plano de Assistência aos Familiares das Vítimas de Desastre Aéreo). No caso, 34 familiares dos passageiros ficaram no auditório da Torre de Controle do aeroporto. No local, eles receberam informações e apoio de funcionários das companhias aéreas que participaram do simulado Latam, Gol e Azul.

LigBem: 40 anos de tradição no comércio de Indaiatuba

Indaiatuba, por Kleber Patricio

Fotos: divulgação.

A LigBem Materiais Elétricos é referência quando o assunto é iluminação, suprimentos e materiais elétricos para residências, comércios e indústrias e não é para menos: em janeiro de 2018, a empresa celebra 40 anos de atuação em Indaiatuba e região. São quatro décadas marcadas por bom atendimento, prestação de serviços com eficiência e produtos de qualidade – nesse longo período de atuação, a LigBem sempre zelou pela segurança de seus clientes; por isso, indica aos seus consumidores os melhores produtos de grandes marcas nacionais e importadas.

Atuando dessa forma, a empresa vem participando efetivamente do crescimento de Indaiatuba e participando de bons momentos de inúmeras famílias locais. A LigBem foi peça essencial na construção de diversas casas e indústrias, bem como iluminou o Natal de muitas famílias na cidade.  Seu slogan, Nossa tradição tem energia, foi levado à risca neste período.

Essa dedicação específica ao projeto de cada cliente vai além de uma simples venda. “Prestar um bom serviço e oferecer produtos de qualidade é uma obrigação. Mas o nosso diferencial foi realmente mostrar toda preocupação com cada projeto específico, como se fosse feito na nossa casa”, salienta a gerente de Planejamento da empresa, Melissa Tempesta. “Toda venda só é positiva quando o cliente retorna para fazer uma nova compra. Por isso, é fundamental conquistar sua confiança.”

Recentemente, a empresa passou por uma reformulação e inaugurou o showroom de iluminação, com produtos nacionais e importados voltados para decoração, mantendo ainda toda a linha de materiais elétricos, automação e telefonia, entre outros itens.

Em todos os departamentos, a empresa aposta em marcas que são conhecidas no mercado por sua qualidade, durabilidade e confiança, visando oferecer também segurança aos clientes.

O começo

O ano foi 1978, quando o casal Mário Tempesta Filho e Claudete Tempesta iniciou as atividades da LigBem Materiais Elétricos. O objetivo: ser referência em Indaiatuba e demais cidades da região.

Como em todo negócio, chegar ao consenso sobre qual setor investir não foi das tarefas mais fáceis. Marinho e Claudete não queriam abrir uma empresa qualquer; com Indaiatuba começando a crescer, queriam apostar em algo inovador.

Entre uma pesquisa e outra, num encontro de família no final de semana, Marinho ouviu do tio de sua esposa: por que não abre uma loja de material elétrico? A ideia não vinha apenas de um membro da família, mas de um empresário no ramo de material elétrico que possuía uma grande loja na cidade de Jundiaí.

O casal vendeu o único carro de passeio e um terreno para investir na abertura da loja. “Foi em uma época que as indústrias da cidade começavam a evoluir e então percebemos que aquele era um nicho ainda a ser explorado na cidade”, lembra o empresário.

Foi assim que Marinho pode colocar em prática toda a sua experiência, adquirida desde pequeno, num negócio próprio. Ele conta que desde a infância já tinha liberdade e a necessidade de empreender. Para poder ir ao circo e assistir ao espetáculo, Marinho lembra que fazia uma troca: vendia pirulito lá dentro e por lá mesmo se divertia. O mesmo acontecia no parque de diversões: ajudava a empurrar o carrossel, que na época não era elétrico, para poder aproveitar a atração.

Foi com este espírito de trabalho e dedicação que Marinho e sua família viram a LigBem evoluir nestes 40 anos de atuação no mercado. Sempre com profissionalismo e principalmente conquistando a satisfação de clientes e colaboradores. “Todo empreendimento busca o lucro. Mas também tem que trazer um resultado e acredito que hoje a LigBem proporciona isso para Indaiatuba, com o desenvolvimento de projetos e com geração de emprego”, salienta. “Hoje temos aqui uma família que cresceu junto, com funcionários que estão há muito tempo conosco.”

Referência em iluminação e materiais elétricos

A LigBem  é autoridade em materiais elétricos, suprimentos e iluminação. São mais de 8 mil itens disponíveis para pronta entrega e produzidos pelos fornecedores mais renomados do mercado. Lá o cliente encontra produtos de automação industrial, materiais elétricos e equipamentos contra incêndio e a empresa atua ainda com ferramentas elétricas e manuais, fitas isolantes e adesivas, além de fixação geral, áudio, vídeo e telefonia, fios, cabos e barramentos e produtos de iluminação, informática e sinalização.

Com uma equipe técnica de consultores especializados, a empresa elabora ainda projetos luminotécnicos para imóveis residenciais, comerciais e industriais. O serviço é disponível tanto para novas construções quanto para readequações em imóveis já existentes e retrofit. A loja desenvolve ainda projeto de gestão de contratos de fornecimento. A ideia é reduzir o número de fornecedores e facilitar a gestão com cotação e processos.

A LigBem disponibiliza também projetos In Company, um modelo de loja exclusiva dentro da empresa contratante. A intenção é melhorar o inventário, para que novas aquisições sejam feitas de forma adequada, com rapidez, sem custos exorbitantes.

Relacionamento com o cliente

Claro que o sucesso da LigBem depende de diversos fatores e um dos principais é o relacionamento com o cliente. Para estreitar cada vez mais esta relação, a loja aposta também nos canais de comunicação para atender a todas as demandas.

Após recente reformulação, seu site (ligbem.com.br) conta com designer inovador e ferramentas que permitem fácil comunicação com a LigBem– o cliente tem na tela do computador, tablet e smartphone informações sobre a empresa e produtos e serviços oferecidos, bem como marcas e novidades do setor. O site permite ainda que o cliente tire dúvidas sobre serviços e produtos disponibilizados, bem como solicitar um orçamento.

A empresa também mantém ativados perfis em redes sociais, tanto no Facebook quanto no Instagram e LinkedIn. Neles, além de dicas postadas diariamente, é possível manter contato direto com a loja.

Para Melissa Tempesta, essa comunicação com o cliente é essencial para a atual fase da LigBem, que acaba de passar por uma reformulação de conceito. “Além de auxiliarmos os consumidores com suas dúvidas, a internet é uma forma mais rápida e fácil de divulgar nossos produtos”, diz. “Mas também contamos com a opinião do cliente para fazermos readequações e melhorias e muitas vezes este feedback vem de comentários no site e nas nossas mídias.”

Serviço:

LigBem Materiais Elétricos e Iluminação – Rua Pedro de Toledo, 951 – Centro – Indaiatuba

(19) 3801-8188 – www.ligbem.com.br.

Parque Mall recebe exposição de desenhos do 10º Concurso Cultural Turma do Gabi

Indaiatuba, por Kleber Patricio

Fotos: EMT.

O Parque Mall Indaiatuba receberá em outubro uma exposição com desenhos selecionados na 10ª edição do Concurso Cultural da Turma do Gabi. Serão expostas 71 obras produzidas pelas crianças, entre elas os desenhos que foram premiados e que receberam monções honrosas. Os trabalhos poderão ser vistos de 2 a 31 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 9h às 20h e aos sábados, das 9h às 16h.

O concurso cultural começou em março deste ano e contou com a participação de 150 desenhos. Eles concorreram nas categorias 9 a 10 anos, 11 a 12 e de 13 a 14 anos. Os trabalham vieram de crianças de diversas cidades do Brasil. “Por ser um tema livre, acredito que a participação foi muito boa”, salienta o idealizador do evento, o cartunista Moacir Torres.

Todos os 71 desenhos que ficarão expostos no Parque Mall foram selecionados por uma comissão julgadora formada pelos artistas plásticos Walter Caldeira e Thelma Regina Fulanetti, além de Torres.

A lista com os ganhadores do prêmio foi divulgada no dia 23 de setembro. Os vencedores do concurso foram Matheus Kenzo Matucita Barros, 9 anos, de Ipiranga/SP; Ana Beatriz Limas Reis, 12 anos, de Salvador/BA e Ana Carolina Waetge da Conceição, de 13 anos, da cidade de São Paulo. Cada vencedor, em suas respectivas categorias, vai ganhar um tablet como prêmio.

As menções honrosas ficaram com Isabela dos Santos Barros, de 9 anos, da Tijuca/RJ; Mariana Alves Maldonado, 11 anos, de Montes Claros/MG e Estephany Maria da Silva, de 13 anos, do município de Jaboatão dos Guararapes/PE. Ambos receberão como prêmio um kit com revistas e livros da Turma do Gabi. Todos os autores dos desenhos selecionados, que estarão expostos no Parque Mall, vão receber certificado de participação.

Serviço:

Exposição do 10º Concurso Cultural Turma do Gabi

Quando: de 2 a 31 de outubro – segunda a sexta, das 9h às 20h; sábados das 9h às 16

Endereço: Rua das Primaveras, 1050

Estacionamento: R$3 – período de três horas iniciais/R$ 1 – a cada hora adicional.

Evento gratuito.

Página 20 de 584« Primeira...10...1819202122...304050...Última »