Notícias sobre Indaiatuba e Região com Kleber Patricio

II Churrasco do Bem da Estância Tordilha reúne centenas de pessoas em prol da equoterapia

Indaiatuba, por Kleber Patricio

Crédito das fotos: Matrioska Marketing e Eventos.

Com o objetivo de celebrar e divulgar os benefícios da equoterapia, o II Churrasco do Bem da Estância Tordilha, que aconteceu no sábado, 28, na Fazenda Cana Verde, reuniu centenas de pessoas, que puderam apreciar carnes de primeira, se divertir em um ambiente agradável, conhecer mais o trabalho da Tordilha e presenciar a singela homenagem ao artesão da carne Marcos Bassi.

Com cortes nobres oferecidos pela divisão Beef da Marfrig Global Foods, o II Churrasco do Bem contou com cinco estações, comandadas pelos assadores Beth Schreiner, Elen Bastos e Evandro Paulim, que ficaram com fogo de chão e pão artesanal; Fábio Alves e Sidnei Bolonezi, com as linguiças da charcutaria Specialli; Joana Angélica e Aline Marinho, do projeto ChurrasDelas; Adriano Pedro e Gustavo Martini na estação em homenagem a Marcos Bassi e João Paulo Oliveira e Arley Ayres, da empresa Churrascoterapia, que serviram cortes como fraldinha e steaks grelhados, costela, cordeiro, suíno, em fogo de chão e linguiças especiais.

Pessoas apaixonadas por fazer o bem, churrasco e cavalo estiveram presentes, além de padrinhos dos praticantes, como Fernanda Lopes, que representou a empresa It’s Seg Company, que apadrinha crianças. “Tanto o projeto quanto o evento são maravilhosos, não tenho dúvida de que é um projeto do bem. Me senti em família e é ótimo ver todos reunidos em prol de algo maior. Com certeza estaremos juntos e voltaremos ano que vem”, finaliza Fernanda.

Dados da Tordilha no ano de 2017 também foram apresentados no evento. Focada sempre em qualificar cada vez mais sua equipe para atender melhor os praticantes, a Tordilha investiu, neste ano, 80 horas em curso de condutor, 64 horas em workshop de equoterapia e 32 horas em curso de volteio interativo. De acordo com a fundadora do projeto, Thais Perez, a Estância Tordilha surgiu com o propósito de ajudar as pessoas através do cavalo. “Em dois anos e meio crescemos muito. Começamos com dois praticantes e hoje atendemos mais de 50. Para trabalhar com equoterapia, precisa ser muito humano, ter muito carinho e muita dedicação”, afirma Thais, que conta que as adequações continuam ainda neste ano. “Até o fim de 2017 vamos finalizar obras para banheiro adaptado, sala para equipe e duas rampas de acesso para os cadeirantes”, explica.

O evento foi animado pelo cantor Rodrigo Haddad, que levou muita música country e também por sertanejo universitário, com a dupla Gil Leone e Marcelo. Nesta edição, a Tordilha realizou uma singela homenagem ao primeiro mestre artesão de carnes no Brasil, Marcos Bassi, que inspirou muitos dos movimentos de carne de qualidade; dessa forma, o churrasco contou com uma churrasqueira original Marcos Bassi, feita de inox e desenhada pelo próprio homenageado.

De acordo com André Renato Galindo, gerente de Linhas Especiais da divisão Beef da Marfrig Global Foods, tanto o projeto como o churrasco têm princípios muito importantes. “Já estava muito orgulhoso da Marfrig poder ajudar esta iniciativa e, depois de participarmos de um evento que fala de ética e respeito, sinto-me ainda mais feliz em participar de algo com um propósito do bem como esse”, finaliza. Já para Daniel Pedro, representante da Heineken Brasil, também patrocinadora do II Churrasco do Bem, a escolha em ajudar o evento veio das grandes oportunidades que a Estância Tordilha oferece para as pessoas. “Lemos algumas coisas sobre o projeto e não precisamos nem terminar de ver a apresentação; soubemos que era uma iniciativa muito boa e pura e o mínimo que podíamos fazer era dar nossa contribuição”, afirma Daniel, que parabeniza a Tordilha. “O objetivo do projeto é também um pilar muito importante para a Heineken e o evento só reafirma toda a generosidade desta iniciativa”.

Campanha #SomosTodosTordilha

O II Churrasco do Bem também lançou a campanha #SomosTodosTordilha, que tem como principal objetivo conscientizar a população sobre os benefícios da prática da terapia assistida por cavalos, visando promover a inclusão social por meio de ícones expostos em estabelecimentos da cidade. “São sete ícones gráficos representando estes benefícios e também os resultados do trabalho deste time do bem. Cada estabelecimento participante oferecerá um produto ou serviço onde R$1 será revertido para a Tordilha”, explica a relações públicas da Estância Tordilha, Carolina Barretto.

O projeto funciona por meio do apadrinhamento, no qual pessoas físicas e jurídicas podem ajudar a Tordilha a atender ainda mais praticantes. Cada padrinho recebe informações sobre a pessoa apadrinhada e pode visitá-la na equoterapia sempre que desejar. O investimento mensal, até o final de 2017, é de R$420 (100%), porém é possível ajudar com qualquer valor.

O II Churrasco do Bem Tordilha teve patrocínio de Marfrig Global Foods pela divisão Marfrig Beef, cerveja Heineken e Charcutaria Specialli, além do apoio do Instituto Maragata, Fazenda Cana Verde, Templo da Carne Marcos Bassi, Cordeiros King of Lambs, Frigorífico CowPig, Parrila S.A, Padaria Suíça, Chimichurri Tradición, Bendito Fermento, Matrioska Marketing e Eventos e Veiling Holambra. Mais informações sobre o projeto e apadrinhamento pelo telefone (19) 98241-4826 ou no site www.estanciatordilha.com.br.