Notícias sobre Indaiatuba e Região com Kleber Patricio

Inscreva seu e-mail e participe de nossa Newsletter para receber todas as novidades

Taverna do Chef Nico lança mil folhas de creme de avelã italiano com compota de figo

Vinhedo, por Kleber Patricio

Foto: divulgação.

Foto: divulgação.

Sempre em busca de novidades, sem deixar de lado suas raízes e sua cozinha siciliana, o chef Nicoló Ferdico, da Taverna do Chef Nico, em Vinhedo, criou o mil folhas de creme de avelã italiano com compota de figo. A sobremesa tem três camadas crocantes de massa folhada intercaladas com creme de avelã e figo caramelizado. Para finalizar, açúcar de confeiteiro.

“É possível sentir bem o contraste dos sabores e das texturas. A compota de figo é feita com pouco açúcar, para não esconder o sabor da fruta”, destaca Nico. Além de incrementar o cardápio de sobremesas da Taverna, que conta ainda com tradicional cannoli siciliano, a novidade valoriza o figo, típico da região de Vinhedo e Valinhos.

“Estamos na época da fruta e isso garante um produto de melhor qualidade. Aqui no restaurante a gente prima por trabalhar com ingredientes de alta qualidade e de época”, ressalta o chef.

O creme de avelã utilizado no mil folhas é importado da Itália. “As pessoas estão acostumadas com aquele creme de uma marca famosa, mas este que utilizamos na Taverna garanto que é muito saboroso e com o sabor da avelã mais acentuado”, afirma Nico.

A Taverna

Com ambiente simples que dispensa luxo, a Taverna é o lugar ideal para quem gosta de comer bem. O local tem apenas 50 lugares e é a realização do sonho do chef Nicoló Ferdico, que começou a trabalhar em cozinhas de hotéis e restaurantes desde seus 15 anos de idade, na Itália. Aos 18 foi para a Califórnia, onde passou por diversos empregos, incluindo de pizzaiolo. De volta à Itália, explorou seu país de norte a sul e se especializou na cozinha mediterrânea. Foi para a França e voltou para os Estados Unidos, onde foi chef executivo de grandes restaurantes de Nova Jersey. No final do ano passado, Nico recebeu o certificado de embaixador da cozinha siciliana no mundo, durante evento em Milão.

A Taverna do Chef Nico é um dos 60 restaurantes com o selo Ospitalità Italiana do Brasil – na região de Campinas, é o único. Para receber este selo de qualidade, os estabelecimentos devem ter 70% da carta de vinhos com rótulos italianos, trabalhar com matéria-prima italiana, ter música ambiente italiana, decoração que remeta à Itália, pelo menos um funcionário que fale italiano fluentemente e pratos com nome italiano. Federico também é credenciado pela FIC – Brasile (Federação Italiana de Cuochi).

Taverna do Chef Nico

Av. Independência, 5879, Centro – Vinhedo

3ª a 5ª das 19 h às 22h30

Sexta e sábado, das 19 h às 23h30

Almoço sábado e domingo

Das 12 h às 16 h.

El Tranvía oferece peixes de mares e rios na parrilla

Campinas, por Kleber Patricio

SalmãoAlém do tradicional asado de carne bovina, como é chamado o clássico churrasco uruguaio, o restaurante El Tranvía, que possui unidades em Campinas e Sorocaba, ambas no Shopping Iguatemi, oferece diferentes opções de peixes de rio e mar, que ganham um sabor especial quando feitos na tradicional parrilla. As opções ficam entre a Trucha (truta), considerada a especialidade da casa no quesito peixes, o Salmón (salmão) e o Lenguado (linguado).

Os peixes são preparados da maneira tradicional uruguaia: temperados apenas com sal fino e grelhados na brasa da lenha. Como acompanhamento são servidos legumes na manteiga e o cliente ainda pode escolher entre quatro opções de molhos: manteiga com amêndoas, meunière (manteiga, champignon, alcaparras, salsinha e limão), limão e balsâmico (redução de vinagre balsâmico, saquê e açúcar).

Sobre o El Tranvía – A vontade de compartilhar momentos prazerosos com os amigos e de saborear o asado fez com que uma família uruguaia estabelecida em São Paulo abrisse em 1997 a primeira unidade do El Tranvía. O que começou como hobby tomou grandes proporções. Hoje o El Tranvía tem quatro casas: São Paulo, Alphaville (batizada de El Uruguayo), Campinas (Shopping Iguatemi) e  Sorocaba (Shopping Iguatemi Esplanada).O nome El Tranvía em português significa O Bonde, símbolo da marca. Várias décadas passadas, quando o Uruguai era considerado a “Suíça da América”, como em muitas capitais, o bonde era o principal meio de transporte citadino. Esse nome foi uma forma de resgatar saudosas lembranças, caraterística marcante no povo uruguaio.

Serviço

El Tranvía – Unidade Campinas

Local:  terceiro piso do Iguatemi Campinas (Av. Iguatemi, 777, Vila Brandina, Campinas/SP)

Horário: De segunda a quarta-feira das 11h30 às 23h30; de quinta a sábado das 11h30 à meia noite e aos domingos das 11h30 às 23 h

Informações e reservas: (19) 3294-1345

Formas de pagamento: dinheiro e cartões de crédito ou débito (todos)

 

El Tranvía – Unidade Sorocaba

Local: Ala Sul do Iguatemi Esplanada (Avenida Gisele Constantino, 1850, Votorantim/SP)

Horário: De segunda a quinta-feira das 11h45 às 23 h; sexta-feira e sábados, das 11h45 à meia noite e aos domingos das 11h45 às 22 horas

Informações e reservas: (15) 3243-9221

Formas de pagamento: dinheiro e cartões de crédito ou débito (todos).

Rafael Thomaz e Guilherme Lamas se apresentam no domingo (14) em Indaiatuba

Indaiatuba, por Kleber Patricio

ViewImageCom a música como um resultado de diversas influências, Rafael Thomaz e Guilherme Lamas se apresentam no domingo (14) com interpretações de choro – em especial com obras do compositor Aníbal Augusto Sardinha, homenageado desde 2014 com o show Sinal dos Tempos. Os músicos irão apresentar também composições próprias e de famosos como Pixinguinha, Paulinho da Viola, Cristóvão Bastos e Jacob do Bandolim.

Rafael, que começou a tocar violão há 19 anos, não tem apenas uma música inspiradora, mas compositores que o motivaram a ser um instrumentista, como Beethoven, Villa-Lobos, Noel Rosa e muitos outros. Já Guilherme Lamas, especializado em violão sete cordas, gosta muito de samba tradicional e MPB e em parceria com Rafael anda percorrendo o país apresentando músicas que tocam a vida das pessoas.

Guilherme é formado em Música Popular pela Unicamp e Rafael é instrumentista, tocando violão desde os 11 anos de idade. A dupla irá se apresentar com voz e violão trazendo muito diversão e emoção ao público.

A apresentação é gratuita e acontece na praça de alimentação do Shopping Jaraguá Indaiatuba, das 12h30 às 15h30.

Integral implanta projeto de capacitação permanente de seus professores

Campinas, por Kleber Patricio

Luciana Haddad logo IntegralConsciente de que a postura, o comportamento e as interferências que o professor faz em sala de aula influenciam no aprendizado do aluno, o Instituto Integral acaba de implantar o projeto de formação continuada Diálogo sobre formação docente, que tem por objetivo aprimorar o desempenho dos seus profissionais diante da classe.

Em encontros bimestrais que convidam os professores da Educação Infantil até o Ensino Médio das sete unidades do Integral distribuídas entre Campinas, Vinhedo e Paulínia, o projeto prevê palestra de um especialista seguida de uma mesa redonda a respeito do tema, eleito antecipadamente pelos próprios professores conforme avaliação das demandas vivenciadas diariamente.

O primeiro encontro, que acaba de ocorrer, abordou o tema Limite e possibilidades do trabalho docente, que teve à frente a psicóloga Ana Maria Falcão de Aragão, professora e doutora da Faculdade de Educação da Unicamp. A reunião, que atraiu aproximadamente 70 profissionais, elucidou dúvidas da equipe e encantou o grupo, que iniciou o ano letivo motivado a praticar o melhor de si como educador.

Novo olhar sobre o cotidiano

De acordo com a idealizadora do projeto, Luciana Haddad Ferreira, coordenadora pedagógica da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I do Integral, a proposta do projeto é tornar os professores mais criativos e reflexivos em suas práticas e dar oportunidade de expor suas experiências. “O objetivo não é ensinar receitas de como dar aula ou simplesmente o de atualizar – é buscar outros interlocutores com um novo olhar sobre conflitos cotidianos, reavivar o encantamento do educador pela profissão e estimular maior participação em congressos e redação de publicações”, explica.

Para Matheus Lemos, professor de Geografia do 6º ano na unidade de Alphaville e do 6º e 7º ano na unidade Parque Prado, a formação com a educadora Ana Aragão trouxe grande enriquecimento teórico e perspectivas e possibilidades variadas para melhor conduzir o dia a dia na troca com os demais colegas de profissão.

Propostas de mudança

Ana Carolina Braga Ferraz, professora do Infantil 4 na unidade Alphaville, acredita que refletir sobre as atividades escolares, sobretudo nas ações e práticas, nem sempre é uma tarefa simples, embora seja fundamental. “A iniciativa possibilita ao professor revisitar e analisar criticamente posturas adotadas em classe, teorias e metodologias. A palestra inaugural com Ana Aragão apresentou propostas de mudanças favoráveis ao processo de ensino e aprendizagem e nos levou a repensar sobre a nossa atuação como professores ao longo do ano”, conta a educadora.

A participação aos encontros é facultativa e o professor que marca presença é certificado a cada evento. A próxima palestra tratará sobre as Relações interpessoais e a convivência na escola e está agendada para o dia 29 de março, no auditório da unidade Paineiras, em Campinas.

Acenbi realiza mutirão de limpeza e manutenção no domingo (14)

Indaiatuba, por Kleber Patricio

pres

João Yamate, presidente da Acenbi: reflexo do espirito associativo. Crédito da foto: divulgação.

A Associação Cultural, Esportiva Nipo-Brasileira de Indaiatuba (Acenbi) realiza no próximo domingo (dia 14 de fevereiro), um mutirão de limpeza e manutenção em sua sede de campo.

Participam dessa tradicional ação coletiva cerca de 100 pessoas de todas as idades e, segundo o presidente da Acenbi, João Yamate, o evento reflete o espírito associativo característico da cultura nipo-brasileira, que cultiva o trabalho coletivo e voluntário. “São convocadas todas as famílias de associados para ajudar nesse dia”, explica. “Por isso, podemos contar com a colaboração de crianças e idosos também.”

Durante o mutirão serão realizadas tarefas como pintura de muros, poda de árvores, capinagem e roçagem de mato e manutenção do campo de beisebol. Os reparos no torii (espécie de portão feito de madeira e um dos símbolos mais conhecidos da cultura japonesa) exigem grande esforço por parte dos voluntários.

Sobre a Acenbi

Sediada em Indaiatuba (região metropolitana de Campinas/SP), a Acenbi é uma associação sem fins lucrativos fundada por imigrantes japoneses em 1947. Sua principal finalidade é a preservação e a divulgação da cultura nipo-brasileira. A preservação da cultura de respeito aos idosos é outra tônica da entidade, que é mantenedora da escola Nitigo Gakko e abriga a escola de educação infantil Miyoji Takahara em parceria com a prefeitura de Indaiatuba.

Em sua sede de campo, na Rua Chile, a Acenbi conta com campos de beisebol e softbol (versão mais leve do beisebol), quadras de gatebol (jogo semelhante ao críquete e apropriado para a terceira idade) e quadras de tênis de campo, além de piscina e área de lazer. Na sede social, na Rua Humaitá, a entidade mantém auditório, salas de reunião, salas de ensaio e salas de aula para cursos diversos.

As atividades da Acenbi são abertas a todos os interessados. Veja mais informações no website da entidade: www.acenbi.org.br.

Página 464 de 472« Primeira...102030...462463464465466...470...Última »