Notícias sobre Indaiatuba e Região com Kleber Patricio

Inscreva seu e-mail e participe de nossa Newsletter para receber todas as novidades

Casa da Esfiha reforça parte vegetariana do cardápio

Indaiatuba, por Kleber Patricio

Divulgação.

A Casa da Esfiha acaba de lançar mais duas opções vegetarianas: a Esfiha Integral de Abobrinha com Queijo (foto) e o Faraó Mini-Burguer com proteína texturizada de soja.

A esfiha de abobrinha é feita com farinha integral e, assim como as demais massas da Casa da Esfiha, não contém derivados do leite. O recheio leva abobrinha fatiada, queijo mussarela e especiarias. Cada unidade custa R$5,45, preço das demais esfihas especiais do cardápio.

A porção Faraó Mini-Burguer vegetariana conta com quatro mini-burguers, assim como na porção tradicional, mas a novidade do cardápio é a massa integral com recheio de proteína de soja texturizada. O recheio dos mini-beirutes ainda leva salada especial e mix de quatro queijos. O prato é acompanhado de um molho com toque picante temperado com tahine. A porção com quatro unidades custa R$18,90.

Segundo Edileia Fernandes, nutricionista responsável pelo cardápio da Casa da Esfiha, as duas novas opções também podem ser adaptadas para clientes veganos, que optam por não consumir nenhum produto de origem animal.

“Lançamos estas duas novidades porque havia muitos pedidos de nossos clientes por mais opções vegetarianas”, diz o sócio proprietário da Casa da Esfiha, João Hélio Batista de Oliveira. “Estamos atentos e disponíveis para ouvir a opinião de nossos clientes, para sempre oferecermos os melhores produtos e serviços”, acrescenta o irmão e sócio Hélio Rubens.

Cardápio

Além da Esfiha de Abobrinha com Queijo e o Faraó Mini-Burguer, o cardápio vegetariano conta com o Kebab de Falafel e fogazzas de mussarela e catupiry, além das esfihas de queijo, catupiry, escarola e rúcula. Os clientes vegetarianos podem optar também por vários tipos de salada ou pizza de mussarela. Há ainda os pratos quentes, com opções como abobrinha recheada e arroz árabe, entre outros.

O restaurante

Fundada em um pequeno imóvel no Centro de Indaiatuba no final da década de 90, a rede Casa da Esfiha se expandiu ao longo das últimas duas décadas e é hoje referência na culinária árabe no interior de São Paulo e Minas Gerais.

A história de sucesso começou com o sonho do menino João Hélio, na década de 80, quando era funcionário de um restaurante árabe na capital paulista, começando como lavador de pratos. Determinado, chegou a gerente da casa; guardou suas economias e, quando percebeu que era o momento, montou seu primeiro estabelecimento próprio no bairro do Ipiranga, em São Paulo. Após um período, devido à agitação e violência da cidade grande, decidiu dar um passo arriscado: transferir seu negócio para o interior de São Paulo – mais precisamente Indaiatuba, em um modesto espaço no Centro. Com o sucesso das esfihas e salgados oferecidos pela Casa da Esfiha, o movimento no restaurante e no serviço de entregas foi crescendo, sendo necessárias mudanças e ampliações para atender aos clientes com um espaço mais amplo, confortável e moderno. Com os alicerces de uma rede de sucesso prontos, João Hélio se associou ao irmão, Hélio Rubens e foi iniciada a expansão da Casa da Esfiha. Atualmente a rede conta com seis lojas: duas em Indaiatuba, duas em Montes Claros, uma em Piracicaba e a mais nova, em Itu.

Serviço:

Casa da Esfiha Polo Shopping

Alameda Filtros Mann, Jardim Tropical

Funcionamento das 10h às 22h

Casa da Esfiha Centro

Rua Pedro de Toledo, 320, Centro

Funcionamento das 10h à meia-noite

Delivery: 0800 10 9006 / www.casadaesfiha.com.br.

SAAE Indaiatuba faz controle de vegetação aquática na barragem do Mirim

Indaiatuba, por Kleber Patricio

Foto: Marco Matos.

Na última quinta-feira (20), o Laboratório de Águas do Controle de Qualidade do Serviço Autônomo de Água e Esgotos de Indaiatuba (SAAE), esteve na represa do rio Capivari-Mirim para fazer o controle da vegetação aquática conhecida como “Macrófitas” no espelho-d’água de aproximadamente 1,3 milhão de metros quadrados formado pela construção da barragem. O intuito da ação é diminuir o excesso destas plantas aquáticas, através do controle manual (manejo com auxílio de gadanho e pequena embarcação).

As macrófitas aquáticas são essenciais ao perfeito equilíbrio do ambiente aquático, sustentando um elevado número de organismos, diminuindo a turbulência das águas e, consequentemente, sedimentando os materiais em suspensão, principalmente naqueles pontos onde a mata ciliar foi suprimida. São também utilizadas como substrato para a desova e refúgio de vários organismos aquáticos, como peixes e insetos. Mas o excesso pode comprometer este equilíbrio e causar morte de peixes.

O Laboratório de Águas do Controle de Qualidade do SAAE avalia a condição dos corpos hídricos existentes (poços, nascentes, rios, córregos) e da água tratada distribuída à população de Indaiatuba através de coletas e análises, de acordo com a legislação vigente.

Plaza Shopping Itu apresenta “Os Saltimbancos” no domingo (30)

Itu, por Kleber Patricio

Divulgação|Plaza Shopping Itu.

O Plaza Shopping Itu apresenta no próximo domingo, dia 30, o musical Os Saltimbancos no projeto Teatrando. Inspirada no conto dos irmãos Grimm, a peça será encenada na Praça de Eventos, às 16 horas e a entrada pode ser trocada por um litro de leite, que será revertido para o Fundo Social de Solidariedade de Itu. A troca dos ingressos é feita no balcão do Atendimento ao Cliente, ao lado da loja Centauro.

Entre os destaques desta edição, a interpretação ao vivo das músicas promete encantar o público. O espetáculo foi inspirado na história Os Músicos de Bremen, que traz em seu enredo quatro animais; um Jumento, Cachorro, Galinha e uma Gata, que fugiram de suas casas por serem maltratados. Juntos, eles decidem formar um grupo musical, além de viver inúmeras aventuras. Já na cidade, eles encontram seus antigos donos e temem novamente serem maltratados. Com isso, os novos amigos chegam à conclusão de que unidos conseguirão superar todas as dificuldades.

Além de curtir a atração cultural, 30 minutos antes do início do teatro as crianças poderão se divertir na Oficina de Colorir, inspirada na história da peça infantil. A apresentação de Os Saltimbancos, que integra a 7ª temporada do projeto Teatrando, marca também o encerramento das comemorações do aniversário de 17 anos do shopping, comemorado no mês de abril.

A agenda das peças infantis do Teatrando será divulgada nas redes sociais do Plaza Shopping Itu e no site www.plazashoppingitu.com.br.

Serviço:

Projeto Teatrando – Os Saltimbancos

Local: Plaza Shopping Itu

Endereço: Av. Dr. Ermelindo Maffei, 1199, Jd. Paraíso – Itu/SP

Data: 30 de abril (domingo)

Horário: 16h

Duração: 50 minutos

Troca dos ingressos: É necessário levar um litro de leite para adquirir cada ingresso.

http://www.facebook.com/plazashoppingitu

http://www.twitter.com/plazashopping

Informações: (11) 4022-9400.

Educador e ex-educador do Projeto Guri fazem shows pelo Brasil após turnê internacional

Ribeirão Preto, por Kleber Patricio

Tiago Santos (centro), com Ricardo Perez (esq.) e Marcos Paulo, durante apresentação em Paris. Foto: divulgação.

A música instrumental brasileira ganhou os palcos de Paris, Bruxelas e Roma com a turnê de dois representantes do Projeto Guri, mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. Tiago Santos (bandolim) e Ricardo Perez (percussão), ex-educador e educador, respectivamente, voltam a se apresentar nos palcos do Brasil, dia 26 de abril, no SESC Ribeirão Preto. O motivo é a turnê nacional do CD Nosso Tempo, de Tiago Santos.

Perez iniciou no Projeto Guri como aluno do Polo Regional Ribeirão Preto e, desde 2007, é educador de percussão no referido polo e também de Cravinhos.  O ex-educador de cavaco e violão Tiago Santos fez parte do Guri entre 2009 e 2011, nos polos Morro Agudo e Dumont. “Saí do projeto, pois não estava mais conseguindo conciliar o horário das minhas aulas com a faculdade de música. Não fosse isso, estaria dando aula no Guri até hoje”, disse.

O educador Ricardo Perez falou sobre a turnê de sucesso: “Tudo começou com um convite que o Tiago recebeu do Clube do Choro de Paris para fazer um concerto e ministrar oficinas durante o Festival Internacional de Choro”, disse. Tiago gravou no início do ano o segundo álbum autoral e surgiu a oportunidade de lançá-lo em primeira mão em Paris. “Também surgiram convites para outros três concertos e um workshop para embaixadores, chefes de Estado do mundo inteiro e outros convidados especiais. A receptividade do público europeu foi surpreendente. As pessoas foram calorosas e grandes apreciadoras das músicas”.

No show do SESC Ribeirão Preto, Tiago contará com a companhia dos músicos Marcos Paulo (violão), João Roberto (violão 7 cordas), Alexandre Gonçalves Peres (cavaquinho), Ricardo Perez (percussão), Carlito Rodrigues (contrabaixo), Paulo Almeida (bateria) e a participação especial de Jorge Nascimento (saxofone). A temporada de shows pelo Brasil seguirá até março de 2018.

Pela Europa até o dia 28 de março, Tiago Santos esteve na companhia de Ricardo Perez e Marcos Paulo. Eles participaram da abertura do 13° Festival Internacional de Choro de Paris e apresentaram-se no Centro Cultural Piano Frabriek (em Bruxelas) e na Sala Palestrina do Palácio Pamphilj (na Embaixada do Brasil em Roma).

Serviço:

Apresentação do CD Nosso Tempo

Quando: 26/04 – quarta-feira

Horário: às 20h30

Local: SESC Ribeirão Preto

Endereço: Rua Tibiriçá, 50 – Centro

Entrada: R$17,00 (Inteira), R$8,50 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante) e R$5,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciados no SESC e dependentes – Credencial Plena). Venda limitada a 2 ingressos por pessoa.

Capacidade: 200 pessoas

Projeto Guri www.projetoguri.org.br

Patrocinadores e apoiadores do Projeto Guri – Amigos do Guri: Instituto CCR por meio da CCR AutoBAn e CCR SPVias, Sabesp, SKY, CTG, SEM, Microsoft, Usina Colorado, Caterpillar, Supermercados Tauste, Capuani, Grupo BB e Mapfre, Pinheiro Neto, WestRock, Valgroup, Banco Votorantim, Mercedes Benz, Catho, Hasbro, Cipatex, PPE Fios, Grupo Maringá, Raízen, Castelo Alimentos, Arteris e Cremer.

O Projeto Guri

Mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, o Projeto Guri é considerado o maior programa sociocultural brasileiro e oferece, nos períodos de contraturno escolar, cursos de iniciação musical, luteria, canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos. Mais de 49 mil alunos são atendidos por ano, em quase 400 polos de ensino, distribuídos por todo o estado de São Paulo. Os mais de 330 polos localizados no interior e litoral, incluindo os polos da Fundação CASA, são administrados pela Amigos do Guri, enquanto o controle dos polos da capital paulista e Grande São Paulo fica por conta de outra organização social. A gestão compartilhada do Projeto Guri atende a uma resolução da Secretaria que regulamenta parcerias entre o governo e pessoas jurídicas de direito privado para ações na área cultural. Desde seu início, em 1995, o Projeto já atendeu cerca de 650 mil jovens na Grande São Paulo, interior e litoral.

Casarão Pau Preto recebe sarau ‘Todas Palavras’ dia 27

Indaiatuba, por Kleber Patricio

Crédito da foto: Arquivo – Eliandro Figueira.

A Secretaria de Cultura de Indaiatuba promove na quinta-feira (27) às 19h, na Tulha do Casarão Pau Preto (Rua Pedro Gonçalves, 477), o sarau artístico Todas Palavras. O evento é gratuito e desta vez será especial, com uma homenagem ao Prêmio Literário Acrísio de Camargo, convidando os escritores que já participaram do prêmio para apresentarem os seus trabalhos. Informações: (19) 3894-1867.

Muito comum no século XIX, os saraus são eventos culturais onde as pessoas se encontram para se expressar ou se manifestar artisticamente e vêm sendo resgatados como forma de fortalecer a identidade da comunidade, promover a integração de forma descontraída, despertar a sensibilidade das pessoas e estimular o gosto pela literatura e outras vertentes artísticas. A palavra tem origem no termo latino serus (relativo ao entardecer) porque acontecia, em geral, no fim do dia.

Página 2 de 41612345...102030...Última »