Notícias sobre Indaiatuba e Região com Kleber Patricio

Inscreva seu e-mail e participe de nossa Newsletter para receber todas as novidades

Parque Mall anuncia ampliação e nove novas operações

Indaiatuba, por Kleber Patricio

Imagens: divulgação.

O Parque Mall oferecerá novas opções em seu mix de serviços e entretenimento em 2018. Com o slogan Seu Novo Shopping, o centro comercial, localizado em Indaiatuba, ganhará nove novas operações neste início de ano. As novidades representam crescimento de 53% no número de lojas, totalizando 26 operações e evolução de 42% na sua área total de uso.

De acordo com o diretor executivo da JMalls – empresa proprietária do shopping – Marcelo Fogaça, o empreendimento passa por uma completa reestruturação, que se iniciou com a contratação da nova administradora, a Avant Mix. “Estabelecemos uma nova estratégia de posicionamento voltada para serviços e lazer, além de um novo time operacional. Agora todo este trabalho desenvolvido no ano passado começará a ser entregue para a população. Estamos ansiosos para essas inaugurações e somos gratos aos parceiros que já nos acompanham e continuarão conosco neste novo momento”, enfatiza.

Para a primeira quinzena de junho, está prevista a inauguração do boliche Dreams Games. O espaço, no primeiro piso, terá 700 m² e seis pistas de boliche, espaço para games eletrônicos, área de play para crianças menores, mesas de sinuca e alimentação, com serviço de pizzaria e petiscos. “Indaiatuba ainda não tem boliche e vejo carência de lazer na cidade”, justifica o proprietário da unidade, o empresário Celso Oliveira. “O Parque Mall tem todos os atrativos para implantar um boliche, como segurança, boa localização e um ótimo espaço.”

A pista de boliche. Imagens: divulgação.

Outra novidade que promete aguardar o público é o Harvey’s Empório Pub, nova unidade da marca Mundo Beer, já conhecida em Indaiatuba. O espaço, de 138 m², deve ser inaugurado na primeira quinzena de junho. Será a oportunidade de provar uma variedade de chopes, cervejas e drinks especiais, em um verdadeiro ambiente de Pub, exclusivo na cidade. O Harvey’s contará com música ao vivo nos finais de semana, além de eventos musicais especiais, planejados para algumas datas durante a semana. “Estamos programando noites especiais musicais e o deck externo combina com a nossa proposta de pub e foi um diferencial na escolha do Parque Mall, além da estrutura organizada do shopping”, relata o sócio-proprietário do Mundo Beer, Fábio Giacomello. “Teremos ainda um empório para venda de nossos produtos mais sofisticados, como cervejas e molhos.” A qualidade de suas bebidas estará disponível também aos clientes numa parceria com a Divino Barbearia.

Outras duas opções de lazer são a WinBurguer e a Divino Barbearia. Ambas localizadas no Deck Gourmet. A previsão é que a barbearia esteja pronta dentro de 30 dias. O espaço tem a proposta de ser exclusivo e aconchegante, com equipe composta de profissionais qualificados, que oferecerão atendimento com hora marcada e serviço de Dia do Noivo.

A WinBurguer inaugurará em abril e trará ao Parque Mall todo o sabor diferenciado dos hambúrgueres no estilo gourmet. Diferente dos lanches oferecidos nas grandes redes, o hambúrguer será preparado na unidade de forma artesanal e servido com molhos especiais da casa, que prometem agradar a paladares mais sofisticados. Outro diferencial é que o cliente fará seu pedido em mesas equipadas com tablets, sem a necessidade de ir ao balcão. “São espaços que oferecem comodidade e segurança, em uma cidade que se destaca pelo potencial e qualidade de vida”, diz o responsável pelo gerenciamento das duas franquias, Altieres Ricardo.

Divino Barbearia.

O Vamos Brincar será outro espaço de diversão, também no Deck Gourmet. Com 130 m², o ambiente deve ser inaugurado até julho. “Além de brinquedos educativos, as crianças terão atividades lúdicas, oficinas, contação de histórias e outras atividades”, explica o proprietário Marcelo Soprani.

Inaugurado há um mês, o Daisho Japanese Food é uma das novidades no Parque Mall. Única unidade da rede a funcionar em um shopping, o restaurante oferece conforto no Deck Gourmet, com os principais pratos da culinária japonesa. Com sucesso evidente no primeiro mês de funcionamento, a unidade atende segunda a sexta-feira, sendo das 11h30 às 14h30 com buffet por quilo e, depois, até as 20h com cardápio à la carte. No sábado a unidade funciona até às 18h. “A expectativa é grande para a vinda de novas unidades para o shopping”, diz o supervisor do grupo Daisho, Márcio Kiyoshi Motoshima.

Serviços

O Parque Mall também ampliará suas opções de serviços. A partir de 2 de abril começa a funcionar a unidade do Laboratório Dra. Edna Jaguaribe. O espaço ficará em frente ao Poupatempo e os pacientes poderão realizar todos os exames laboratoriais da rede, via convênio ou particular. “O shopping será um bom investimento para a empresa devido à grande quantidade de fluxo de pessoas”, projeta o diretor executivo Fernando Jaguaribe. “Também estaremos próximos ao Poupatempo para atender a demanda de exames toxicológicos para a CNH, que já são obrigatórios para motoristas profissionais, o que deve ser futuramente estendido a todos que forem renovar a habilitação.”

Serviços de informática poderão ser encontrados na MaxLan, cuja unidade no Parque Mall será inaugurada na primeira quinzena de maio, ao lado do Poupatempo. “Temos 19 anos de história em Indaiatuba e atualmente atendemos empresas. Escolher o Parque Mall para esta unidade de atendimento em assistência em informática foi natural, devido à proximidade com nosso público”, comenta o proprietário Augusto Luques.

Projeção da área interna do Winburguer.

O Centro Musical Ador’arte também chega ao Parque Mall com aulas de música. O espaço será destinado aos cursos de teclado, violão, violino, piano, canto, técnica vocal, canto lírico e coral, regência, percepção musical e muitas outras opções. A diretora e professora do Ador’arte, Fabiana Gasser, salienta que a escolha pelo Parque Mall deu-se pelo perfil cultural do shopping. “É um espaço que preza pela visão social e cultural, isso agrega muito ao nosso trabalho. A expectativa é também promover vários espetáculos aqui.”

Com a inauguração de nove unidades, o Parque Mall passa de 17 para 26 unidades e contará com quase 5.000 m² de área locada. O shopping possui ainda quatro quiosques (Amo Muito, Armazém da Prata, SOS e Mr. Dogão), totalizando 40 m².

“A Avant Mix trabalha na administração do shopping desde setembro de 2016, tendo como objetivo reposicionar o ambiente ao mercado. Dessa forma, oferecemos aos clientes e à Indaiatuba excelentes opções de lazer, gastronomia e serviços, bem como propomos a parceiros e lojistas excelentes oportunidades de investimento”, salienta o administrador do Parque Mall, Flávio Norberto.

Ampliação

Além das nove novas operações previstas para este ano, outros dois serviços serão ampliados no shopping. A academia Smart Fit ganhará mais espaço na sua área de peso livre. Para isso, construiu um mezanino no segundo piso, próximo à entrada da Rua das Orquídeas. A unidade passará dos atuais 800 m² para 944 m². O objetivo é oferecer mais espaço e conforto, tanto para quem treina musculação quanto para novas modalidades de aulas coletivas, que estão em estudo. “O Parque Mall é um espaço maravilhoso, bonito e agradável. É um local seguro, com estacionamento gratuito por até 2 horas para nossos alunos, além de excelente localização. Com certeza é uma parceria que deu muito certo”, ressalta a líder da unidade, Eliane Rocha.

Como incentivo à prática esportiva, o shopping inaugura na primeira semana de março seu novo bicicletário, no recuo da entrada pela Rua das Orquídeas. Serão 15 novas vagas, que serão monitoradas. O shopping também conta com 25 vagas livres, já existentes na área externa, pela Rua das Primaveras. O objetivo é conforto e segurança para quem vai ao shopping de bicicleta, por isso é fundamental que o ciclista leve cadeado.

Inscrições de artistas locais para o 26º Maio Musical terminam dia 28

Indaiatuba, por Kleber Patricio

A Secretaria de Cultura de Indaiatuba recebe até o dia 28 de fevereiro as inscrições para os artistas locais interessados em participar da programação do 26º Maio Musical.

O festival tem como objetivo fomentar o interesse do público pela produção musical, estimular os diversos elos da cadeia produtiva da música e divulgar o trabalho de artistas de Indaiatuba com espetáculos gratuitos durante todo o mês de maio. As inscrições presenciais devem ser entregues no Centro de Convenções Aydil Bonachela, de segunda a sexta das 8h às 12h e das 13h às 17h, exceto feriados e pontos facultativos. Informações: (19) 3894-1867.

Para participar, os interessados devem residir no município e apresentar um projeto musical com nome da apresentação, release, ficha técnica, mapa de palco, vídeo do show a ser apresentado e, se não tiver um, de show anterior e orçamento. Será formada uma comissão para seleção dos artistas de Indaiatuba que participarão do 26º Maio Musical.

A formação das musicalidades afro-brasileiras é tema de curso na Casa-Museu Ema Klabin

São Paulo, por Kleber Patricio

Frans Post “Vista de Olinda”. Foto: Henrique Luz.

A partir do dia 8 de março, a Fundação Ema Klabin promove o programa Tramas Culturais com o tema A África Central e a formação das musicalidades afro-brasileiras. Serão quatro encontros, sempre às quintas-feiras, das 19h30 às 22h30, nos meses de março e abril, orientados pelo historiador Rafael Galante. Com vagas limitadas, as inscrições são gratuitas e estão abertas pelo site da casa-museu: http://emaklabin.org.br/.

O objetivo do curso é divulgar resultados de uma investigação histórica sobre os processos de transformação, recriação e incorporação destas musicalidades no Brasil, tendo em vista principalmente a agência histórica criativa destes músicos africanos escravizados oriundos de Angola, Congo e Moçambique e a importância de seu legado cultural, artístico e filosófico para as culturas afro-brasileiras contemporâneas.

Para tecer a trama cultural onde todos os participantes estejam envolvidos, as aulas expositivas serão cercadas de vídeos, música e troca de ideias.

Sobre o palestrante:

Rafael Galante é historiador e etnomusicólogo. Mestre e doutorando em História Social pela Universidade de São Paulo, onde está realizando a pesquisa Iconografia musical do Atlântico Negro: Brasil – África Central e Austral, um inventário analítico (Sécs. XVI-XIX). Esteve como professor visitante do Departamento de Português e Espanhol da Universidade Smith College, em Massachusetts (EUA/2014) e pesquisador visitante no departamento de História da Universidade Eduardo Mondlane, em Maputo (Moçambique/2017).

Serviço:

Tramas culturais: A África Central e a formação das musicalidades afro-brasileiras

8/3: 1º encontro – das 19h30 às 22h30 – Por uma história social das diásporas musicais centro-africanas no Brasil. “Essa gunga veio de lá…” Desfolclorizando a cultura negra: historicizando objetos, celebrando agentes e agências – O comércio atlântico de escravos e a formação das “nações diaspóricas” – dinâmicas de formação e transformação do sistema atlântico e seus impactos na gênese das culturas afro-americanas (Sécs. XVI – XIX)

22/3: 2º encontro – das 19h30 às 22h30 – Os universos culturais da África Central ocidental. Os povos Bakongo, Bakuba, Ambundu e Ovimbundo (Angola e República Democrática do Congo – Sécs. XV-XIX).

5/4: 3º encontro – das 19h30 às 22h30 – As diásporas musicais centro-africanas no Brasil (sécs. XVI a XIX). Instrumentos e musicalidades da África Central ocidental – as diásporas dos “Congos” e “Angolas” no Brasil. Instrumentos e musicalidades da África Austral – a diáspora dos “Moçambiques” no Brasil.

19/4: 4º encontro – das 19h30 às 22h30 – As musicalidades afro-brasileiras no século XIX e suas diásporas internas. Música, africanidades e africanias no sudeste escravocrata: Congo, Batuque, Jongo, Macumba e Congado.

Inscrições gratuitas no site https://emaklabin.org.br/

Vagas: 30 vagas (mais 15 de lista de espera)

Local: Casa-Museu Ema Klabin

Endereço: Rua Portugal, 43 – Jardim Europa, São Paulo/SP – (11) 3897-3232.

Galpão 1 abre turma de dança contemporânea

Indaiatuba, por Kleber Patricio

Bailarina Natália Tiso ministrará as aulas de dança contemporânea. Foto: divulgação.

Fevereiro é o mês de aniversário da Galpão 1 Academia de Dança e em meio às comemorações dos seus 29 anos, a academia confirmou uma novidade: a inclusão da dança contemporânea em sua grade de aulas. O estilo será ministrado pela bailarina Natália Tiso e já está com inscrições abertas.

Desenvolvida em meio à tendência contracultural artística e a efervescência de movimentos sociais dos anos 1950, a dança contemporânea propõe um novo olhar sobre o ato de dançar, explorando novas possibilidades do uso do corpo. “Bailarinos e coreógrafos de várias partes do mundo romperam radicalmente com a técnica, os ‘passos’, a estética e o repertório tradicional da dança acadêmica, o ballet clássico, para investigar outras corporeidades”, conta a professora e bailarina Natália Tiso.

Por ser aberta a diferentes percepções, a dança contemporânea assume um caráter experimental. “Cada coreógrafo constrói sua linguagem a partir das suas referências corporais ou em busca daquilo que o inquieta; assim, pode trazer características de outras danças, como as tradicionais, populares, danças urbanas e até de danças cênicas, como o jazz ou o próprio ballet clássico. Os espetáculos não se prendem a padrões de figurinos, musicalidade ou palco, dialogando também, cada vez mais, com teatro, vídeo, artes plásticas, música e tecnologia”, explica Natália. Dessa forma, de acordo com a professora, a prática da modalidade se torna democrática. “Desde que não possua sérias restrições médicas, qualquer pessoa pode fazer dança contemporânea, independentemente de biótipo, habilidades específicas, idade e conhecimento prévio em dança. A aula é para todos nós aprendermos; então, o requisito é a vontade de experimentar”, afirma.

Além disso, os benefícios são variados, pois a aula envolve diversos tipos de exercícios. “Alongamento, concentração, musicalidade, desinibição e a socialização fazem parte das aulas. Trabalha-se muito a respiração, impulsões, força muscular de braços, pernas, abdômen e costas, que são ganhos importantes para qualquer pessoa no desempenho de suas atividades cotidianas, bem como no processo de envelhecimento com saúde e mobilidade. Contudo, de todos os benefícios, sem dúvida a consciência corporal é o mais evidente, porque conhecer o próprio corpo e explorar suas potencialidades é fantástico”, comenta Natália.

Além da dança contemporânea, Natália Tiso integra o grupo de lyrical jazz da Galpão. Foto: Alceu Bett.

A professora e bailarina integra a equipe Galpão 1 Academia desde 2008, no grupo focado em lyrical jazz. Já participou da Cia. Experimental de Dança Contemporânea e Cia. Seis + 1, além de possuir cursos nas modalidades ballet, jazz musical, dança contemporânea e lyrical e traditional contemporary jazz. Foi bailarina assistente da americana Suzy Taylor no Congresso Internacional de Jazz Dance e de Erika Novachi no Festival de Dança de Joinville. Na Galpão 1 Erika Novachi Grupo de Dança, interpreta solos, duos e trios de coreógrafos convidados como Pat Taylor, Fabiano Lima, Bruno Gregório, Luana Espíndola e Carlos dos Santos.

Mais informações pelo telefone (19) 3875-6887 ou na Galpão 1 Academia de Dança – Rua 9 de Julho, 410, Centro, Indaiatuba (SP) – Facebook/Instagram @galpao1academia.

Volacc lança pedra fundamental das obras da nova sede

Indaiatuba, por Kleber Patricio

Fotos: Felipe Fantelli.

Na ensolarada manhã do último sábado, 17 de fevereiro, a Volacc (Voluntários de Apoio no Combate ao Câncer) realizou o lançamento da pedra fundamental das obras da sua nova sede, com a presença de voluntários, imprensa, autoridades e apoiadores.

A cerimônia começou com a execução dos hinos nacional brasileiro e o de Indaiatuba. Na sequência, o público presente recebeu com emoção as palavras da vice-presidente e fundadora da Volacc, Joanna Joly, seguida das do secretário de Família e Bem Estar Social, Luiz Henrique Furlan, do presidente da Câmara Municipal, vereador Hélio Ribeiro, do prefeito municipal, Nilson Alcides Gaspar e do presidente da Volacc, Silvio Oliveira, que ressaltou que “as obras estão sendo realizadas segundo os melhores padrões de engenharia, de acordo com critérios de sustentabilidade e com muita responsabilidade quanto à segurança de todos os trabalhadores envolvidos”.

A fundadora da Volacc agradecendo a homenagem feita pelo presidente Silvio Oliveira.

Em seguida, uma homenagem foi feita a dona Joanna pelo presidente e, logo após, os presentes seguiram para o assentamento dos tijolos que marca o início das obras.

O prédio está sendo construído no terreno de concessão administrativa de uso da área pública (Lei nº 6.604/16) situado na Avenida João Ambiel, 1170, no bairro Cidade Jardim, que foi entregue em condições para as obras fossem iniciadas.

O terreno possui aproximadamente 1.300 m² de área total e o projeto da sede nova terá 767,19 m² de área construída. A planta foi toda pensada de modo a oferecer um atendimento melhor tanto ao assistido quanto para o voluntariado. A instituição possui uma quantia para começar a obra, mas vai precisar de doações e apoio da sociedade e de empresas para concluir o projeto, elaborado pela arquiteta e voluntária da Volacc Barbara Fantelli, que classifica a construção como “simples e acolhedora. O projeto é voltado para o assistido e voluntariado, visando uma estrutura melhor para um atendimento de qualidade. Será construída uma praça aberta ao público, com bancos e uma árvore bem grande e acolhedora. Essa será a Praça da Vida, um ambiente aconchegante para celebrarmos a vida, os bons casos que devem ser celebrados, pois lidamos com muitas perdas”. As obras, cuja conclusão está prevista para outubro deste ano, estão sendo conduzidas pela Domus Engenharia.

Silvio Oliveira e dona Joanna Joly realizam o assentamento simbólico da pedra fundamental.

A nova sede contará com recepção, salas de triagem, assistência social, terapias, artesanato, sala de encontros, cesta básica, oficina, auditório multifuncional, banheiros, área de serviço e estacionamento.

Hoje, as principais fontes de renda da Volacc são a venda de pastéis em eventos e o brechó, que recebe peças de roupas em bom estado da comunidade e as revende a preços populares. Assim, foi planejada uma cozinha semiprofissional para confecção dos recheios dos pastéis e uma entrada independente para o brechó, já que o público que procura as peças não está necessariamente ligado à instituição.

Página 2 de 66012345...102030...Última »